Raro Ferrari 250 GT de 1959 vai a leilão

Um clássico Ferrari 250 GT Califórnia Spider de competição de 1959 vai estar em leilão em dezembro pela módica quantia de 14 milhões de dólares (12,07 milhões de euros). Este raro automóvel é o segundo de oito unidades do Califórnia Spider construídas em alumínio concebidas para competição.

Restaurado em 2011, recuperando a carroçaria original para LeMans, este Ferrari 250 GT Califórnia de 1959 é uma das oito unidades da série construídas em alumínio. Tem o número de chassis 1451 GT e chegou mesmo a entrar em competição em Le Mans, em 1959, terminando em terceiro na sua classe e em quinto na classificação geral da competição.

Dada a raridade e o historial, não surpreende que a empresa que está a leiloar o automóvel, a RM Sothebys, espere receber licitações entre os 14 milhões de dólares (12,07 milhões de euros, e os 17 milhões de dólares (cerca de 14,66 milhões de euros), cifras que dariam para encher uma garagem com uns quantos Ferrari comercializados atualmente.

Recorde-se que a RM Sothebys já leilou o mais velho Alfa Romeo que pode ser conduzido, o último LaFerrari Aperta, e o Ferrari de competição que utilizava o motor do F50, entre alguns dos carros mais caros de sempre em leilão.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.