Skoda Vision X propõe sistema híbrido inovador

A Skoda revelou detalhes e informações sobre o Vision X, uma das revelações que tem reservadas para Genebra.

A marca da República Checa adapta características do Kodiaq e do Karoq a este protótipo, classificado como um crossover urbano. No entanto, o segmento em que o automóvel se insere está longe de ser o único atrativo do modelo.

O Skoda Vision X Incorpora um motor de 1.5l G-TEC de quatro cilindros, capaz de debitar 130 CV de potência e de atingir os 250 Nm de binário, podendo ser alimentado a gasolina ou por gás natural comprimido (GNC), estando um tanque colocado por debaixo dos assentos traseiros e o outro atrás do eixo traseiro. Ressalva-se ainda a existência de um sistema híbrido apoiado pelo sistema de baterias de lítio de 48v.

a carregar vídeo

A disponibilidade de um leque alargado de motorizações conjuga-se com um sistema de tração versátil. Diz a Skoda que o Vision X tem a funcionalidade de a potência ser transferida ao eixo dianteiro, ao traseiro ou às quatro rodas, consoante seja necessário. Combinando esta ideia com os desenvolvimentos tecnológicos aplicados ao protótipo, o resultado é uma “entrega de potência espontânea, aumento da agilidade e emissões de C02 reduzidas de apenas 89 g/km”.

A Skoda refere que o propulsor elétrico que transmite a potência ao eixo traseiro consegue debitar uns impressionantes 1000 Nm de binário. A autonomia apontada é de 650 quilómetros, algo que será possível pelo uso das três motorizações distintas.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.