Carregamento de energia sem fios é uma prioridade para o futuro próximo, especialmente entre as empresas que produzem aparelhos eletrónicos pequenos e portáteis, como telemóveis. Aliás, a falta de energia em telemóveis é uma das pragas da vida moderna, faltando locais para uma pessoa carregar a bateria depressa. A Universidade de Washington apresenta uma solução, usando um raio laser para carregar o telemóvel.

O sistema usa um feixe de luz estreito para carregar um aparelho do outro lado de uma sala, sem recurso a fios, e a equipa de investigação publicou os resultado numa revista científica, demonstrando que o este feixe consegue recarregar a bateria com a mesma velocidade que uma ligação USB.

Uma bateria especial foi montada no lugar da bateria convencional, para ser carregada pelo laser, que normalmente é invisível mas usou um raio vermelho para ser visível na experiência. O sistema é capaz de enviar 2 W de energia constante a uma distância de 4,3 metros para uma área de 100 centímetros quadrados. O objetivo agora é aumentar essa distância para até 12 metros.

Houve também uma preocupação da equipa de investigadores com a segurança do sistema. Em particular, para evitar sobreaquecimento da fonte de alimentação, foi instalada uma placa de metal para absorção de calor, bem como um refletor para interromper o feixe de laser caso uma pessoa se atravesse no seu caminho.