A Uber quer ir além da superfície terrestre para transportar clientes, e tem planos para ser das primeiras a adotar uma rede de carros voadores, que possam transportar pessoas pelo ar, sem a necessidade de ficarem presas à espera que o trânsito avance. Isto vai trazer novos problemas para a cidade, relativamente a segurança aérea, mas também estacionamento dos novos veículos. Mas para esta área, a Uber promete construir aeroportos… no centro das cidades.

Para criar uma visão de como seria este aeroporto, a transportadora pediu a várias firmas de arquitetura para dar corpo a um edifício funcional, que poderia ser usado como centro de estacionamento de carros voadores, bem como uma zona central para congregar passageiros. Se bem que esta última parte não é muito interessante, já que o conceito da Uber é “venham-me buscar onde estou, e deixem-me onde quero”.

Em todo o caso, a Corgan foi das primeiras a entregar o seu projeto. Trata-se de um edifício construído sobre um terreno, em que as partes usadas pelos passageiros e serviços técnicos seriam acessíveis por baixo, e toda a cobertura seria usada como pista, podendo albergar até cerca de um milhar de veículos aéreos, silenciosos, elétricos e capazes de levantar voo verticalmente.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.