A Porsche quer acabar com os tempos de espera para carregar a bateria de um carro elétrico. Por isso, já desenvolveu um novo sistema de carregamento de 800 volts, cujos dois primeiros carregadores foram instalados no início do ano e agora ligados à rede pública. No entanto, este sistema só vai poder funcionar em carga máxima com um carro que ainda não existe: o Porsche Taycan, versão de produção do protótipo Mission E, que só vai começar a ser vendido em 2019.

O carregador de 800 volts foi montado no concessionário da Porsche em Berlin, na zona de Adlershof. Dos quatro lugares de estacionamento montados com carregadores para automóveis elétricos, dois usam o novo sistema de carregamento rápido, que vai ser capaz de funcionar a duas intensidades, 400 e 800 volts. Neste último, vai demorar um máximo de 20 minutos para fornecer energia suficiente à bateria, garantindo uma uma autonomia de 400 km. Com 400 volts, deverá fazê-lo entre 40 e 80 minutos.

Esta infra-estrutura vai estar, para já, em fase de testes. Quando estiverem prontos, a Porsche quer introduzir os seus carregadores de 800 volts nos seus concessionários, de modo a que possam ser utilizados pelos clientes da marca, com toda a rapidez e sem custos. Embora não consigam aproveitar a mesma velocidade de carregamento, as versões híbridas do Porsche Cayenne e Panamera também vão poder usufruir do sistema.

O sistema foi desenvolvido pela divisão de engenharia da Porsche, e um equipamento semelhante já está a ser testado nos Estados Unidos. Esta tecnologia também deverá ter elementos em comum com a rede pública Ionity, que deverá tornar-se o novo estandarte para o carregamento rápido de automóveis elétricos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.