As cozinhas de casas de comida rápida vão mudar muito nos próximos anos, com robôs e outras máquinas a automatizarem o processo de preparação. Já existem alguns robôs que fazem tarefas específicas, como virar uma omelete ou tirar um café espresso, mas este é o primeiro robô capaz de concretizar todas as fases da preparação de um hambúrguer. E o seu criador não vai fazer o mínimo denominador comum com esta máquina, mas pretende vender hambúrgueres gourmet por um preço barato.

A máquina, chamada Creator, vai operar no restaurante do mesmo nome, que abre hoje ao público em San Francisco, na Califórnia. A ideia é de Alex Vardakostas, que fundou uma startup com apoio da Google, que passou os seus verões como adolescente num restaurante de comida rápida, a fazer tarefas repetitivas, e jurou para nunca mais. O robô Creator vai poder automatizar todos os processos de produção, com a ajuda de um chefe de cozinha, e pode fazer 120 hambúrgueres por hora, juntando os ingredientes um a um, e fazendo o hambúrguer apenas quando este é encomendado por um cliente. Como o Creator custa um milhão de dólares, em teoria vai poder amortizar o custo em menos de um ano.

O processo de automatização na indústria da restauração ameaça aumentar o número de desempregados, mas Vardakostas afirma que apenas quer acabar com as tarefas repetitivas na cozinha com a instalação do robô Creator. Isto vai libertar mais tempo para os empregados se dedicarem à qualidade de atendimento dos clientes e a tarefas de manutenção. O empresário americano também promete ter o número normal de empregados durante as horas de refeições e pagar-lhes bem mais que o salário mínimo habitual na indústria de comida rápida.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.