O cavalo de trabalho que bateu a Tesla

Surge da Workhorse, fabricante de Ohio, uma proposta de lançamento da primeira pick-up de produção com uma motorização alternativa. A Workhorse W-15 trata-se de um modelo híbrido plug-in que já recebeu mais de 5,000 encomendas.

Chegando como uma pick-up híbrida plug-in, que se antecipa em dois anos ao lançamento de um modelo elétrico deste segmento por parte da Tesla, a anunciada Workhorse W-15 traz as motorizações de baixo impacto ambiental para esta área do mercado. E já se encontra em exposição em Las Vegas, no CES 2018.

A Workhorse revelou ter 5,300 encomendas até ao momento, desde a apresentação no ano passado da W-15. A pick-up incorpora um motor híbrido com capacidade para percorrer cerca de 130 km no modo elétrico, graças ao pacote de baterias com 60 kWh de capacidade – que tem a particularidade de bloquear eletronicamente quando a carga atinge os 20 kWh, prevenindo a degradação.

Quando a bateria se esgota, o motor a gasolina da Workhorse W-15 entra em ação, alimentando os dois motores elétricos de 230cv, distribuídos pelos dois eixos. A potência combinada ascende aos 460cv, sublinhando o fabricante que a autonomia é de 500 km.

Conheça as novidades do CES 2018

A exclusividade da Workhorse W-15 reveste-se ainda num pormenor que será útil a certas atividades profissionais. Se necessário, a pick-up pode ser utilizada como um gerador, podendo ser conetados dispositivos e máquinas de trabalho. Os preços rondam os 52,000 dólares (cerca de 43,410 euros), valores interessantes considerando as especificações e valências do Workhorse W-15.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.