Foi preciso esperar 20 anos, mas o caminho para bater o recorde de velocidade em terra já começa a ser desbravado. O Bloodhound SSC vai ser o novo veículo a jato com quatro rodas que vai tentar bater os 1227 km/h atingidos em 1997, com a equipa técnica a divulgar recentemente um vídeo testando a turbina ao ar livre.

Usando uma turbina Rolls-Royce, tal como os seus antecessores que atingiram recordes de velocidade, o Bloodhound confirmou que todos os sistemas estão a funcionar, o que vai permitir à equipa liderada por Richard Noble começar a realizar testes de baixa velocidade na África do Sul.

No entanto, atrasos com o fornecimento do jato pela Nammo e as condições climatéricas da zona vão atrasar o projeto, pelo que a tentativa de bater o recorde só vai ter lugar em 2019, e não em 2018 como estava previsto. Primeiro, o piloto Andy Green vai tentar atingir os 1287 km/h (800 milhas por hora), antes de tentar chegar às mil milhas (1609 km/h) como objetivo final.