No último Grande Prémio do Brasil, a equipa de F1 da Red Bull Racing rubricou um novo recorde mundial, ao efetuar a troca dos quatro pneus durante a corrida em rapidíssimos 1,82 segundos, quando se pensava que seria impossível bater os incríveis 1,88 segundos que a equipa tinha fixado na Alemanha.

Uma nova marca que é tão espetacular, que só podia ter celebração a condizer. A Red Bull Racing resolveu assinalar o feito com outro ‘pit stop’ inédito, o primeiro alguma vez realizado… com gravidade zero!

A bordo de um avião utilizado para o treino especializado de astronautas, em colaboração com a agência espacial russa, os 16 elementos da equipa trabalharam em sincronismo perfeito no interior da aeronave que descrevia parábolas de 45 graus no céu a 10.000 metros de altitude.