GP de Macau: António Félix da Costa regressa para ganhar

António Félix da Costa regressou ao Grande Prémio de Macau para ganhar com um festival de condução. O piloto português recordou a sua experiência anterior no Circuito da Guia e recorreu aos seus conhecimentos mais recentes em circuitos urbanos com a Fórmula E para conquistar a segunda vitória na prova macaense, juntando-se a um grupo seleto de múltiplos vencedores da corrida de Fórmula 3.

Félix da Costa foi passado no arranque por um ansioso Sérgio Sette Câmara, montando depois uma perseguição ao brasileiro. Foi no arranque depois da primeira situação de safety car que Félix da Costa aproveitou a saída da curva do Mandarim para surpreender o piloto da Red Bull Junior Team. Sem reduzir o ritmo, conseguiu manter a vantagem até ao final. Sette Câmara, entretanto, foi novamente surpreendido, após a segunda situação de bandeiras amarelas, por outro veterano retornado, Felix Rosenqvist, que garantiu o segundo lugar.

Mais atrás, durante toda a corrida assistiu-se a uma animada luta pelo quarto lugar entre Kenta Yamashita e Callum Ilott. O piloto britânico foi o mais azarado do dia, com uma má partida, e depois foi surpreendido pelo vencedor do Campeonato Japonês, recuperou mais tarde, e foi novamente passado pelo piloto da T-Sport. Jake Hughes conseguiu um excelente sexto lugar na estreia na prova, passando os mais experientes George Russell e Daniel Juncadella.

1º António Felix da Costa (Carlin) 15 voltas
2º Felix Rosenqvist (Prema) a 1.603
3º Sérgio Sette Câmara (Carlin) a 3.194
4º Kenta Yamashita (T-Sport) a 3.862
5º Callum Ilott (Van Amersfoort) a 4.348
6º Jake Hughes (Carlin) a 6.191
7º George Russell (Hitech) a 7.027
8º Daniel Juncadella (Hitech) a 7.840
9º Pedro Piquet (Van Amersfoort) a 9.361
10º Alexander Sims (Double R) a 11.294

Paulo Manuel Costa / Autosport