Rali da Sardenha: Primeira vitória de Ott Tanak

Ott Tanak assegurou na Sardenha a sua primeira vitória no Mundial de Ralis. Depois de ter estado bastante perto o ano passado na Polónia e de ter lutado até bem tarde pelo triunfo no Rali de Portugal, o piloto da Estónia não cometeu qualquer erro desta feita e triunfou com todo o merecimento.

Depois da ‘responsa’ que levou de Malcolm Wilson no final do dia de sábado no Rali de Portugal, o estónio não ‘tremeu’ e venceu mesmo, algo que já merecia ter conseguido há muito. Com quatro pódios e um triunfo em sete ralis, Tanak posiciona-se cada vez melhor em termos de campeonato e neste momento já se pode dizer que é um dos candidatos ao título. Ele, Latvala, Neuville e Ogier…

Jari-Matti Latvala termina em segundo, a 12.3s do seu adversário, e o erro que cometeu na segunda especial de hoje foi decisiva pois ficou sem grande espaço de manobra para recuperar tempo a Tanak. Terceiro lugar para Thierry Neuville, que depois de ter ficado ontem sem travões e caído de segundo para quarto, perdendo mais de um minuto, o pódio é um mal menor.

Quem também realizou um portentoso rali foi Esapekka Lappi, que, recorde-se, realiza na Sardenha apenas o segundo rali da sua carreira no WRC. O piloto finlandês venceu a PowerStage, mas melhor do que isso venceu três troços e terminou em quarto da geral, contribuindo para um bom resultado de conjunto da Toyota.

Sébastien Ogier, líder do Mundial não passou incólume desta prova, provavelmente a mais difícil para quem arranca na frente como sucedeu com Ogier no primeiro dia, mas a verdade é que depois de ter terminado o primeiro dia a 41.0s da frente e na sétima posição da geral, o furo que sofreu na PE12 acabou-lhe com as hipóteses de um melhor resultado.

Tempos Online – CLIQUE AQUI

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.