Com o seu primeiro modelo de pré-produção apresentado na Feira de Eletrónica de Las Vegas (CES 2017), a Faraday Future revelou que já conseguiu arrecadar mais de 64.000 encomendas para o FF91.

A start-up norte-americana tem procurado replicar o sucesso da Tesla a nível comercial, mostrando uma série de teasers ao longo das últimas semanas para elevar a expectativa para o FF 91, não se escusando, mesmo, a fazer comparações diretas com o Model S P100D.

Contudo, em termos comparativos, o mais recente produto da Tesla, o Model 3, garantiu já quase 400.000 encomendas faltando ainda diversos meses para a sua chegada ao mercado, que irá acontecer apenas no final de 2017.

A Faraday Future havia referido que as encomendas estavam já abertas (para os mercados norte-americano e chinês) com um custo de 5.000 dólares por reserva, mas de acordo com o site Jalopnik, apenas as encomendas prioritárias (requeridas pelos clientes interessados) estavam sujeitas a essa reserva, pelo que muitas das reservas não terão associada uma reserva financeira. A produção está agendada para começar em 2018.

Bastante evoluído tecnologicamente, o FF91 conta com uma potência de 1.050 CV, conseguindo acelerar dos 0 aos 100 km/h em 2,39 segundos, estando munido igualmente de tecnologia de vetorização de binário nas rodas traseiras, para lidar com o binário elevado, mas ainda não revelado. Conta com uma bateria de 130 kWh e pode ser recarregada em qualquer tipo de carregador do mercado. A sua autonomia deverá exceder os 600 quilómetros, podendo receber mais de 50% da sua carga em menos de 4 horas e meia em tomadas de 240V.