A BMW confirmou que irá apresentar no Salão de Detroit uma nova versão Plug-in híbrida do Série 5 denominada 530e iPerformance, naquela que será uma alternativa mais eficiente em relação ao resto da gama.

O construtor de Munique pretende apostar em automóveis mais ecológicos e eficientes e as variantes Plug-in híbridas do novo Série 5 vêm ao encontro desse objetivo, recorrendo igualmente ao leque de tecnologias aplicadas ao abrigo da sigla iPerformance. Recorde-se que esta foi criada este ano para sublinhar todos os desenvolvimentos alcançados ao abrigo da tecnologia da subgama ‘i’, mas aplicados também aos modelos de base da BMW.

De acordo com os dados preliminares revelados pela BMW, este 530e iPerformance terá um consumo médio de 1,9 l/100 km e uma autonomia em modo 100% elétrico de até 50 quilómetros. As emissões poluentes ficam-se pelos 44 g/km de CO2.

Isso é possibilitado pela combinação entre o motor elétrico eDrive de 70 kW/95 CV e binário máximo de 250 Nm e o motor a gasolina de quatro cilindros com 2.0 litros de cilindrada, este último com 184 CV e 320 Nm de binário. A potência total é de 252 CV com um binário máximo de 420 Nm, sendo a potência transmitida às rodas traseiras com recurso a uma caixa Steptronic de oito velocidades. Quanto a prestações, a velocidade máxima é de 235 km/h e a aceleração dos 0 aos 100 km/h faz-se em 6,2 segundos.

O Salão de Detroit começa a 8 de janeiro e prolonga-se até dia 22 do mesmo mês.