São já conhecidos os sete finalistas da edição deste ano do Carro do Ano Europeu (COTY), resultante das escolhas dos 58 jornalistas que compõem o júri deste conceituado prémio, um dos mais relevantes da indústria automóvel.

Assim, na lista ao tão ambicioso galardão surgem o Alfa Romeo Giulia, Citroën C3, Mercedes-Benz Classe E, Nissan Micra, Peugeot 3008, Toyota C-HR e Volvo S90/V90, quase todos lançados ao longo deste ano e que se revestem de grande importância para as suas respetivas marcas.

O Grupo PSA é o mais representado na lista de finalistas, com dois veículos das suas marcas – o Peugeot 3008 e o Citroën C3. Em termos estatísticos, a Fiat continua a ser a marca que mais vezes ostentou o símbolo de vencedor do Carro do Ano no vidro traseiro, com nove triunfos, contra seis da Renault, que é a segunda mais vitoriosa. A Peugeot triunfou quatro vezes e a Citroën por três vezes.

Os resultados finais serão anunciados no Salão de Genebra de 2017, havendo agora um extenso processo de avaliação que terá os sete candidatos submetidos a profunda análise. O vencedor do ano passado foi o Opel Astra, que acumulou aquele cetro com o de Carro do Ano em Portugal.