Sébastien Ogier confirmado na M-Sport

Terminou a espera: a M-Sport acaba de confirmar que Sébastien Ogier vai guiar um Ford Fiesta WRC em 2017.

O tetracampeão do mundo certifica desta forma as boas indicações sentidas em novembro quando testou o novo carro nas instalações da equipa, um factor que terá sido determinante para rejeitar os 10 milhões de euros que a Toyota alegadamente lhe terá oferecido para representar a operação liderada por Tommi Makinen.

O francês terá a companhia do estónio Ott Tänak na estrutura de Malcolm Wilson:

“Vão haver muitas coisas novas esta temporada, mas mal posso esperar para encará-las. Temos uma nova geração de carros de ralis e uma nova equipa — é certamente uma era entusiasmante”, referiu Ogier.

“Não falta muito tempo para o início do Rali de Monte-Carlo e ainda não tivemos muito tempo ao volante do Ford Fiesta WRC, mas iremos dar o nosso melhor para estarmos preparados. Temos plena consciência dos desafios, e consigo ver o quão ‘famintos’ estão Malcolm Wilson e a sua equipa pelo sucesso. É curioso pensar que há apenas alguns meses estava sentado num fórum do desporto motorizado no Rali da Grã-Bretanha revelando como seria bom trabalhar com ele algum dia. Não tinha qualquer ideia nesse momento que esse dia ia chegar tão cedo, mas aqui estamos!”, disse o tetracampeão, que terá novamente a companhia de Julien Ingrassia no lugar de navegador.

Defender o título

“Estou desejoso de começar a trabalhar com a M-Sport, e estamos certamente a apontar para um regresso ao lugar mais alto do pódio!”

Já Malcolm Wilson não disfarçou o seu contentamento com esta contratação: “Vamos para o Rali de Monte-Carlo com o número #1 na porta do Ford Fiesta WRC e a mais forte dupla de pilotos em muitos anos. Dizer que estamos entusiasmados com a próxima temporada é demasiado redutor. Acreditamos ter produzido um carro excepcional e estamos na melhor posição possível face a esta nova e excitante era do WRC. Nunca escondi o meu desejo em trabalhar com o Sebastien e o Julien, e é fantástico poder recebê-los na equipa. Trabalhámos muito para que este acordo se concretizasse, e acreditamos que o Ford Fiesta WRC é o carro em que eles podem melhor defender o seu título mundial”.

André Bettencourt Rodrigues / Autosport