Um quarto das receitas fiscais do estado vieram do setor automóvel

O ramo automóvel continua a ter grande importância a nível nacional. De realçar, por exemplo, que praticamente um quarto das receitas fiscais do Estado português, em 2016, provieram do sector automóvel, segundo dados revelados pela ACAP.

O sector automóvel representou um total de 21,6% das receitas fiscais para o Estado Português. Só o IVA gerou 3.446 mil milhões de euros; o ISP (Imposto Sobre os Produtos Petrolíferos e Energéticos) representou 3.259 mil milhões de euros; seguido do IVA dos combustíveis, com 1.246 mil milhões de euros; e do ISV (Imposto Sobre Veículos), que representou 672 mil milhões de euros em 2016.

As receitas fiscais do sector automóvel totalizam 9.271 mil milhões de euros, tornando-o num dos maiores contribuintes para as receitas fiscais do país, responsável por 21,6 por cento dos 43 mil milhões de euros das receitas estatais em 2016.

André Duarte