24 Horas de Le Mans, 23ª Hora: Porsche # 2 chega finalmente ao comando

Timo Bernhard conseguiu finalmente chegar à liderança das 24 Horas de Le Mans, a pouco mais de uma hora do final, após um ‘forcing’ impressionante. De uma volta de diferença para o Oreca # 38 da Jackie Chan DC Racing, o alemão do Porsche 919 Hybrid # 2 passou sucessivamente para 53,7s, 44,7s, 32,5s e 28,6s nas voltas que antecederam a ultrapassagem ao LMP2 que liderou a prova desde o abandono do Porsche # 1.

Apesar de perder a liderança da corrida, Ho-Pin Tung manteve-.se na liderança dos LMP2, dada a confortável vantagem de três voltas sobre André Negrão, no Signatech Alpine # 35, e Nelson Piquet Jr, no Oreca # 13 da Vaillante Rebellion. Filipe Albuquerque manteve o Ligier # 32 da United Autoports com o quinto lugar da classe na sua mira,

Em GTE Pro a luta entre o Aston Martin # 97 de Jonathan Adam e o Corvette C7R # 63 de Jan Magnussen, com o dinamarquês a passar para a frente da classe após a paragem do carro britânico, com Harry Tincknell a surgir no terceiro posto, aos comandos do Ford GT # 67. Nos GTE Am Dries Vanthoor assumiu os comandos do Ferrari 488 da JMW Motorsport para o final de corrida, possuindo uma liderança de quase uma volta para Marco Cioci, no Ferrari 488 da Spirit of Race, com Towsend Bell no terceiro posto, ao volante do Ferraru 488 # 62 da Scuderia Corsa. Pedro Lamy segue no oitavo lugar da classe, no Aston Martin # 98, onde fará o final da corrida, enquanto no Ferrari 488 # 60 da Clearwater, Álvaro Parente segue em 11º.