24 Horas de Le Mans: Estratégia pode jogar em favor da Porsche

Andreas Siedl, Diretor da equipa LMP1 da Porsche, acredita que a sua formação ter uma vantagem operacional e estratégica para poder levar a melhor sobre a Toyota em Le Mans, apesar do andamento desta ser superior, A marca alemã vai para La Sarthe à procura da sua terceira vitória consecutiva na mais mítica prova de endurance, mas as duas primeiras corridas do FIA WEC 2017 mostraram estar em desvantagem face à rival japonesa.

Contudo Seidl considera que há fundadas esperanças de que possa mitigar o diferencial de velocidade de ponta dos Porsche 919 Hybrid face aos Totyota TS050 Hybrid. “Vimos nos testes que a Toyota era impressionante e rápida, por isso vamos ver como corre esta semana. Certamente que tiraremos as nossas conclusões do dia de testes e também conseguimos melhorias da nossa parte para a semana da corrida. Mas vamos ver como corre”, afirma o responsável pela equipa LMP1 da marca germânica.

“Como que vimos dos testes, penso que não estamos em posição de lutar pela ‘pole-position’. Para nós será um desafio em termos de andamento, por isso temos de nos focar na nossa força operacional e na estratégia. Penso que temos um bom carro, consiste, com todos os testes que fizemos. Temos muita experiência com este conjunto, mas não podemos focar-nos só nisso”, refere Andreas Seid. O Diretor da Porsche LMP1 Team não faz prognósticos, mas acredita que para sua equipa a corrida ainda vai ser mais difícil que a de 2016. “Sabe-se que vão estar altas temperaturas, por isso vamos ver como as condições favorecem qual dos construtores. Há ainda muitos fatores desconhecidos com que vamos ter de lidar durante a semana da corrida”, acrescenta.