24 Horas de Le Mans: Porsche impressionada com a velocidade dos Toyota

Andreas Siedl, diretor da equipa Porsche em Le Mans, admitiu estar impressionado com a velocidade de ponta demonstrada pelos Toyota no dia de testes. Os três TS050 Hybrid conseguiram os três melhores tempos nas duas sessões de quatro horas realizadas no traçado de La Sarthe, com Kamui Kobayashi a ser mais de 1,6s mais rápido do que a ‘pole-position’ para a corrida de 2016 conseguida por Neel Jani.

Mais impressionante são os cinco segundos de melhoria no tempo da Toyota relativamente ao dia de testes de 2016, com a Porsche a melhorar apenas sete décimas. E Earl Bamber, o mais rápido dos pilotos da marca de Weissach, foi quase 3,5 segundos mais lento a bordo do 919 Hybrid # 2. Apesar do construtor alemão insistir que não tentou andar numa configuração de qualificação, o desempenho levanta algumas questões sobre o ritmo dos LMP1 da Porsche para a prova de 24 Horas, com Andreas Seidl a admitir que os seus carros não conseguem acompanhar o andamento dos Toyota.

“Tivemos um dia de testes misto. Concentramo-nos no ‘set-up’ de corrida e evitamos fazer simulações de qualificação. A velocidade dos Toyota foi impressionante, não conseguimos acompanhar isso. Vamos analisar a telemetria e tirar as nossas conclusões para melhorarmos a performance dos nossos carros”, considerou Seidl. O responsável da Porsche afirmou também que a equipa está analisar os problemas sentidos pelo carro # 2, nomeadamente uma fuga de óleo quando Brendon Hartley estava ao volante, que obrigou a uma troca de motor.

Nuno Barreto Costa