F1: Vettel à beira de perder lugares na grelha de partida

Os regulamentos da F1 são muito restritivo no que ao uso de componentes das unidades de potência dos monolugares, estipulando que cada piloto é autorizado a utilizar apenas quatro dos seis componentes durante uma época. Um piloto que vá para além disso sofre uma penalização que se traduz em perdas de lugares na grelha de partida. Sebastian Vettel está perto de sofrer um castigo desses, pois já vai no quarto turbo.

Entre os seis elementos a considerar estão o motor de combustão interna (ICE), o motor gerador de energia cinética (MGU-K), a unidade geradora geradora de calor (MGU-H), o acumulador de energia (ES), o turbocompressor (TC) e o controlo eletrónico (CE). A penalização acontece a primeira vez que um destes componentes é substituído, significando uma perda de dez posições na grelha de partida. Na primeira vez que um quinto elemento dos restantes for utilizado a perda na grelha é de cinco posições, sendo que a primeira vez que um sexto elemento é utilizado a perda é de dez posições,

Se Vettel utilizar um quinto turbo irá perder dez lugares na grelha de partida na corrida seguinte à troca. Em termos de componentes da MGU-H o alemão da Ferrari só pode fazer mais uma troca antes de perder cinco lugares na grelha.

Nuno Barreto Costa