GP Bélgica de F1: A vez da Mercedes reagir?

Depois de três semanas de férias, a Fórmula 1 está de regresso com o Grande Prémio da Bélgica de F1, que se realiza no próximo fim de semana de 25 a 27 de agosto. Com a luta pelo título ao rubro, o GP da Bélgica marca o recomeço da segunda metade do campeonato, e logo com dois fins de semana seguidos com a corrida de Spa e Monza.

Sebastian Vettel venceu na Hungria e aumentou para 14 pontos a diferença para Lewis Hamilton, números que estão longe de ser decisivos, pois estão ainda em jogo 225 pontos. O campeonato até podia não estar muito animado – mas está – e só o facto da corrida ser em Spa seria digno de grande registo, mas a este ano acresce o facto da luta pelo título não se restringir à mesma equipa, a Mercedes, alargando-se também à Ferrari.

Num traçado histórico, acresce o facto de ser habitualmente palco de grandes corridas, e de locais perfeitamente míticos, quer falemos de Eau Rouge/Raidillion, Kemmel, Stavelot, Malmedy, Blanchimont, Les Combes, num traçado que é também o mais longo do campeonato.

Estando catorze pontos atrás é a vez de Lewis Hamilton tentar recuperar, mas o momento de forma da Ferrari não lhe vai facilitar a vida, sendo que Valtteri Bottas também terá uma forte palavra a dizer neste corrida, ou mesmo Kkmi Raikkonen, com a motivação adicional de lhe ter sido renovado o contrato por mais um ano.

A Ferrari vem de um dobradinha na Hungria, depois de ter sido claramente batida em Silverstone, pelo que se não houver grandes surpresas, a Mercedes deverá estar melhor em Spa pois a Ferrari dá-se melhor em pistas de média e baixa velocidade, ainda que o aspeto aerodinâmico possa dar uma ajuda à Ferrari em Spa. Em resumo, muito equilíbrio é o que se espera.

A Red Bull dificilmente andará perto da Ferrari e da Mercedes, mas o melhor é mesmo esperar pelo arranque das sessões para se perceber melhor a quem as férias ‘fizeram bem’. A Force India que se está a destacar fortemente da o pelotão do meio, alavancada pela luta dos seus dois pilotos, tem aqui uma boa pista para mais um brilharete. A Williams só deverá contar com Felipe Massa para um resultado mais sonante, sendo que Lance Stroll não tem ainda a experiência que precisa para andar muito à frente no traçado belga.

A McLaren também está a melhorar os resultados e esse será um aspeto interessante a ver em Spa, pois se o motor Honda ‘andar bem’, é sinal que os japoneses estão mesmo a melhorar. De resto, dos homens da Toro Rosso espera-ase uma boa corrida sem grandes fogachos, o mesmo se pode dizer dos Haas, enquanto a Renault continua muito irregular. Não falando em Jolyon Palmer, Nico Hulkenberg foram mais as vezes que não pontuou do que as que pontua.

Horários

Sexta, 25 de Agosto
Treinos Livres 1 09h00
Treinos Livres 2 13h00

Sábado, 26 de Agosto
Treinos Livres 3 10h00
Qualificação 13h00

Domingo, 27 de Agosto
Corrida 13h00

Horário de Portugal Continental