Patrão da F1 não confirma calendário com 25 provas

Chase Carey garantiu que ainda não foi decidido expandir o calendário da F1. Atualmente o campeonato tem 20 grandes prémios e prepara-se para ter 21 em 2018. Mas quando a Liberty Media assumiu o controlo da F1 e Bernie Eccelstone foi afastado, houve sugestões que o calendário poderia ter 25 corridas num futuro muito próximo.

Numa reunião com jornalistas espanhóis ocorrida esta semana o novo ‘patrão’ da F1 afirmou apenas que tem estado em contactos com diversos promotores de grandes prémios.

“Durante os últimos meses tenho-me encontrado com organizadores e cidades potencialmente interessadas (em receber grandes prémios), mas é demasiado cedo para avançar planos a esse respeito”, explicou Carey. “É importante expandir (o calendário) mas, de momento, quero concentrar-me em melhorar as corridas que temos atualmente e tornar a grelha com dez equipas ainda mais fortes”, acrescentou o norte-americano.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.