Tarde demolidora para a Toyota

Os três pilotos oficiais da Toyota tiveram problemas na secção desta tarde do Rali de Portugal, com especial incidência no caso de Jari-Matti Latvala. O finlandês, atual segundo classificado do Mundial, era igualmente o segundo no rali atrás de Ott Tänak à entrada para o último troço ‘a sério’ de hoje, Ponte de Lima 2. Só que os 27,4 kms desta classificativa são demolidores, principalmente nas segundas passagens, e Latvala acabou por sofrer um toque e capotar, conseguindo prosseguir até ao final mas perdendo 4m42s para Tänak.

Antes disso, Esapekka Lappi já tinha perdido tempo com um furo no intercooler que tem feito o seu Yaris WRC perder potência, embora o mais jovem dos finlandeses da Toyota ainda continue em prova. Também Juho Hänninen não escapou a um ligeiro toque na PE6 mas nada que se compare aos problemas que afetaram os seus dois companheiros de equipa.

Depois de ter estado na luta pela liderança durante as seis primeiras especiais, a formação de Tommi Makinen viu as hipóteses de um pódio em Portugal sofrerem um duro revés.