TCR Portugal – Uma nova era arranca no Estoril

O Campeonato Nacional de Velocidade 2017 arranca no Circuito do Estoril sob novo formato, já que em «comunhão» o recém-criado TCR Ibérico e com o TCR Espanha, a que aderiram vários pilotos e equipas nacionais. Uma nova era que se espera traga mais emoção às pistas portuguesas e não só.

Muitas mudanças aconteceram durante o período de defeso que antecedeu o arranque da temporada nacional, quer no se refere a pilotos que se transferiram de equipas quer em termos de fisionomia da própria competição. A grande novidade é o facto do Campeonato Nacional, agora TCR Portugal, coincidir em algumas jornadas com os seus congéneres Ibérico e de Espanha, como é o caso desta primeira ronda no Estoril.

Um formato que segundo os promotores permite que os participantes alinhem nas várias competições sem ‘alargarem’ muito ‘os cordões à bolsa’. Para pontuarem para os campeonatos português e ibérico só têm de se deslocar a Barcelona, já que a prevista para Jerez de La Frontera foi cancelada. Como a jornada de Jarama já fazia parte do calendário do CNV a restante temporada faz-se em território nacional – no Estoril, Vila Real e Algarve.

Em termos de participantes há que destacar a continuidade do Team Novadriver com o seu Volkswagen Golf GTi TCR, agora apenas entregue a Francisco Abreu, surgindo a KIA Portugal CRM como uma das grandes novidade do plantel. O projeto que leva para a pista dois Ceed TCR para José Pedro Faria e João Miguel Baptista, que ‘ganhou’ o seu lugar no concurso ‘Opportunity’ levado a cabo pela estrutura liderada por Tiago Raposo Magalhães.

Outra grande novidade ‘reside’ na Veloso Motorsport, que ‘vai a jogo’ com um novíssimo Audi RS3 LMS, confiado a Patrick Cunha e Rafael Lobato. A equipa da Póvoa de Lanhoso mantém o SEAT Leon TCR, mas este é confiado a Eduardo Leitão e a João Carvalho, ainda que a indisponibilidade ocasional deste coloque Ricardo Leitão ao lado do seu irmão. O campeão Francisco Mora mantém-se em solitário aos comandos do seu SEAT Leon TCR, também inscrito pela formação de Luís Veloso.

Manuel Gião deixou o Team Novadriver para dividir o SEAT Leon TCR da Vettra Motorsport com Ricardo Gomes, enquanto a Speedy Motorsport mantém o SEAT Leon Cup Racer e César Machado nas suas fileiras. Ao lado do piloto de Famalicão estará agora Manuel Pedro Fernandes. A equipa da Maia acrescenta um segundo Leon TCR para Edgar Florindo e Nuno Baptista.

O ‘ramalhete’ completa-se com um SEAT Leon Cup Racer da equipa espanhola Baporo, que será dividido por Gustavo Moura e Faust Salom. A jornada do Estoril compreende também outras competições nacionais, nomeadamente o Campeonato Nacional de Clássicos e o Campeonato Nacional de Legends. O panorama pouco difere de 2016 com Joaquim Jorge a figurar como o grande favorito à vitória e a (mais um) título na primeira daquelas competições, com um numeroso conjunto de Datsun 1200 a ‘engrossar’ o pelotão do Campeonato de 1300 cc.

José Luis Abreu/Autosport