Incêndio destrói mais de 140 carros clássicos

O armazém principal da empresa Country Classic Cars, em Staunton, no estado do Illinois (EUA) ficou totalmente destruído num incêndio que deflagrou na noite de terça-feira passada.

A Country Classic Cars foi fundada há 20 anos, por Noel Russell e a sua mulher Anita e apresenta, nas suas instalações, um acervo de quase 600 veículos clássicos, dos anos 20 aos anos 80.

As instalações são compostas de vários edifícios, cinco dos quais foram destruídos. No rescaldo do incêndio, o proprietário confirmou que tinham sido destruídos 142 automóveis, de várias marcas. Cerca de 5% pertencem a outras pessoas, que os colocaram ali à consignação.

Entre as silhuetas carbonizadas é possível distinguir formas familiares, sobretudo para os entusiastas dos clássicos americanos. Chevrolet, Cadillac, Ford, Plymouth, Pontiac, Dodge, Oldsmobile.

Apesar de toda a documentação ter sido salva, é pouco provável que alguns destes automóveis venham a ser recuperados, já que a grande maioria pertence à categoria que podemos classificar de clássicos populares.

Os proprietários da Country Classic Cars elogiaram a actuação dos bombeiros, que demoraram cerca de duas horas a controlar o incêndio, mas que conseguiram salvar mais de 400 automóveis em edifícios adjacentes. Foram treze as corporações em acção, que lutaram contra a falta de bocas de incêndio naquela zona rural.

Apesar do sucedido, a Country Classic Cars reabriu as suas portas na quinta-feira.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.