Niki Lauda: “São sete cães a um osso”

Niki Lauda revelou que praticamente metade da grelha da Fórmula 1 se ofereceu à Mercedes para substituir Nico Rosberg

Após o anúncio do abandono de Nico Rosberg o lugar ao lado de Lewis Hamilton na Mercedes é claramente o mais apetecível, isto numa altura em que somente a Sauber e a Manor não tinham ainda anunciado os seus pilotos.

Em declarações à Gazzetta dello Sport, Niki Lauda admitiu que a saída de Rosberg deixou a equipa numa situação complicada: “Não acreditei quando ouvi do Nico que ele se queria ir embora, cheguei a perguntar se ele estava a brincar. Mas ele disse que era a sério e isso é incrível. Quando eu ganhei o meu primeiro título fiquei logo a pensar como ganhar o segundo mas não foi o caso do Nico” começou por dizer Lauda, antes de se referir a como ficaram as coisas na Mercedes: “A sua decisão deixou-nos desorientados e como não estávamos à espera, não estamos preparados para o que está a acontecer. Agora, perdemos um campeão, o melhor piloto de 2016, e não vai ser fácil substitui-lo pois os pilotos de um certo nível têm todos contrato, para além do que, apostar num jovem piloto é um risco” disse Lauda, que admitiu também que “praticamente metade da grelha ofereceu-se…”.

Pelo que se percebe, a Mercedes dificilmente apostará em Pascal Wehrlein, e tendo em conta que as melhores soluções são muito difíceis, o mais provável e´um piloto à ‘volta’ de Bottas, Perez, etc. Contudo, resta esperar para ver.