Este espetacular descapotável que vai estar presente em Genebra faz uso de um V12 com 764CV e 1000Nm.

Após os teasers que foi paulatinamente dando a conhecer, a Pagani apresentou agora as imagens oficiais do novo Huayra Roadster. Uma verdadeira máquina de exceção, a produção estará limitada a apenas 100 exemplares, mas apesar do custo por unidade de 2,28 milhões de euros (mais impostos), já todos eles estão vendidos. E razões para isso não faltam, já que o modelo acolheu diversas alterações na estrutura e mecânica que originaram a curiosa situação de tornar o Huayra Roadster mais leve que o coupé que o antecedeu. A primeira aparição pública deste incrível descapotável está marcada para o próximo mês, quando for inaugurado o Salão de Genebra.

 

Para fazer esvoaçar, e muito, os cabelos, a marca transalpina equipou esta máquina de sonho com um V12 biturbo 6.0L com origem na AMG, que após ter passado pelos serviços de afinação da Pagani atingiu os 764CV e os 1000Nm de binário. Todos estes cavalos serão enviados através de uma transmissão fornecida pela X-Trac, que não apresenta embraiagem, fazendo as passagens automaticamente quando o condutor dá as suas ordens através do punho da alavanca da caixa ou das patilhas colocadas atrás do volante. Certamente capaz de performances de topo, já que a sua combinação de potência e preço o colocam num patamar à parte dentro do mundo dos descapotáveis, infelizmente ainda não é possível indicar qual a aceleração ou velocidade máxima do Huayra Roadster, pois a marca ainda não desvendou os valores.

Além do potente motor, este modelo também recebeu diversas alterações na estrutura para a tornar mais leve e aumentar a sua rigidez. Acusando menos 80kg na balança que o Huayra Coupé, o novo descapotável tem um chassis em fibra de carbono, titânio e uma liga designada Carbo-Triax HP52, enquanto no subchassis e suspensão (baseada na do Huayra BC) combinam os aços com metais mais raros como o crómio, o vanádio e o molibdénio. A marca afirma que o novo desportivo descapotável conta também com um controlo eletrónico de estabilidade reprogramado, que permite escolher entre cinco modos de utilização: Wet, Comfort, Sport, Race e Off. Para o sistema de travagem a Pagani contou com o apoio dos seus compatriotas da Brembo, que dotaram o Huayra Roadster de um sistema com discos carbocerâmicos de 380mm que utilizam pinças de seis pistões na dianteira e com quatro pistões na retaguarda.

Embora a espetacular imagem do Pagani Huayra Roadster praticamente não precise de comentários, destacamos a introdução no modelo de elementos de aerodinâmica ativa. É o caso dos quatro defletores (dois na dianteira e mais dois na retaguarda) que se adaptam às diferentes velocidades e que permitem atingir forças de 1,8G nas acelerações laterais. Os clientes vão poder optar entre dois tipos de teto para o novo descapotável da marca de Horacio Pagani, um deles que combina o carbono com uma secção central em vidro. O segundo tem uma combinação de tecido e carbono que facilita a remoção manual para que fique guardado num compartimento próprio do Pagani Huayra Roadster.

Nuno Fatela 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.