Uma empresa chinesa criou um drone que vai poder ficar no ar durante meses sem precisar de regressar a terra firme. Equipado com painéis solares espalhados pela sua superfície, o CH-T4 é o segundo maior drone do mundo, e também o segundo maior em capacidade de altitude, ficando apenas atrás do Helios da NASA, que tem quase o dobro do tamanho.

O CH-T4 foi desenvolvido pela Academia Chinesa Aerodinâmica/Aeroespacial, com uma envergardura de 40 metros, que o torna mais largo que Boeing 737 de passageiros. No entanto, a sua estrutura pesa apenas 400 kg. A asa principal está coberta de painéis solares, o que lhe permite ignorar o principal problema dos drones: o seu tempo limitado de utilização. Com estes painéis, consegue voar até 20 mil metros de altitude, acima das nuvens, e pode ficar no ar quase indefinidamente, pois também está equipado com baterias para acumular a energia solar.

O principal propósito deste drone chinês vai ser militar. A altitudes elevadas, pode transportar câmaras para observar mais de um milhão de quilómetros quadrados. E como está muito alto, é pouco provável que seja detetado por aeronaves inimigas. O que até é ideal, pois era apanhado depressa, já que a sua velocidade máxima de 200 km/h é boa para um drone mas não serve para fugir a um avião.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.