Tal como os carros de passageiros e a propriedade partilhada, também o futuro do transporte público deverá passar pela condução autónoma. E a zona antiga de Londres serve para demonstrar como este tipo de veículos pode partilhar o trânsito, não só com automóveis, mas também com peões, bicicletas e outros transportes públicos. Para isso, a Oxbotica tem vindo a testar o GATEway.

O GATEway é um shuttle compacto, movido a eletricidade, que vai passar as próximas três semanas a passear por Londres, com quatro pessoas no interior. O número de passageiros não é importante, já que o propósito da Oxbotica é mostrar como a tecnologia de mobilidade autónoma pode ser compatível com o movimento caótico e supostamente imprevisível de pessoas a circularem em passeios, não representando um perigo para os peões.

O elétrico autónomo está a ser testado na zona de Greenwich, junto à O2 Arena, pavilhão multi-usos que foi usado nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. Desta forma, as autoridades de trânsito podem recolher dados que permitem não só à inteligência articial aprender com os peões, mas também ensinar a população geral a lidar com este tipo de veículos no espaço público.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.