É uma cena que se repete todos os dias. Duas filas de trânsito vão desembocar numa só, então os condutores antecipam a passagem, supostamente para despachar o trânsito.

Mas entretanto está uma fila vazia mesmo ao lado e lá vai um ‘espertalhão’ de um fura-filas a acelerar até ao fundo, a passar por toda a gente e a entrar no limite, forçando a sua entrada à má fila. Mas quem é que ele se julga? Ele acha que está a fazer bem? Sim, exatamente. Ele é que está a fazer bem.

Caso duas filas desemboquem numa, seja de forma natural, ou devido a um acidente ou trabalhos na estrada, os que estão na fila bloqueada devem esperar até ao último momento para entrar. Dessa forma, o trânsito flui mais facilmente.

Se entrar na fila do lado antes de a fila acabar, vai estar a atrasar essa fila. Se todos esperarem até ao último momento, podem entrar alternadamente (um da esquerda, um da direita, e assim por diante), e dessa forma o trânsito flui sem interrupções.