a carregar vídeo

No ano em que o trial português passa para a tutela da FPAK Valongo abriu caminho para uma excelente época desportiva. A estreia do Campeonato de Portugal de Trial 4×4 contou com 26 equipas em pista, divididas por 5 categorias.

Com uma pista renovada em relação ao ano anterior e a chuva que antecedeu o dia da prova, a pista revelou-se muito dura e os obstáculos difíceis de transpor. Rui Querido (Euro4x4parts/Veicomer), campeão em título, foi o grande vencedor desta etapa inaugural. Acompanhado por Ivo Mendes passou para a frente da corrida logo na primeira volta e assim se manteve até à bandeirada xadrez. Durante as três horas de resistência completou 12 voltas à pista, começando assim a nova época na liderança da Absoluto e da Classe Proto e aumentando ainda mais o favoritismo na corrida pelo título.

O campeão da Super Proto, Cláudio Ferreira (Auto Higino), também foi feliz em Valongo. Ficou em segundo da geral e venceu a luta com Pedro Costa (PBCabral seguros) na vitória pela Super Proto.
Na classe Extreme a luta foi muito renhida entre António Silva (Canelas Pneus) e António Calçada (Nordhigiene Team) que rodaram sempre perto um do outro. Levou a melhor António Silva ao dar mais uma volta ao circuito nortenho.
A grelha de partida da promoção estava recheada de novas equipas, que se aventuram em 2018 no Campeonato de Portugal Promoção Trial 4×4. André Henriques (Tufão Team), um dos pilotos mais experientes da classe uniu-se ao navegador campeão de 2017, Rodrigo Sousa, e entrou com o pé direito na época 2018. Completou as mesmas 4 voltas de Carlos Teixeira (RC automoveis & tasco do stand) mas gastou menos 26 minutos e 16 segundos.
Na classe UTV/Buggy Marco Melo (M. Transportes) foi o grande vencedor. Foi a primeira vitória do piloto flaviense depois de um ano de 2017 recheado de vitórias nos prólogos, mas muito azar na prova de resistência. Em 2018 começa o CPT4x4 com uma vitória expressiva, com 4 voltas de vantagem.

A segunda prova é numa terra mítica do todo-o-terreno, mas que se estreia no trial 4×4. Reguengos de Monsaraz recebe o Campeonato de Portugal de Trial 4×4 2018.
Classe Absoluto
1.º Rui Querido – Toyota BJ 40 – 12 voltas
2.º Cláudio Ferreira – Crawler Mercedes – 11 voltas
3.º Pedro Costa – Crawler 15BFT – 10 voltas

Classe Extreme
1.º António Silva – Toyota Hilux – 9 voltas
2.º António Calçada – Suzuki Samurai R – 8 voltas
3.º Pedro Alves – Land Rover Defender – 6 voltas

Classe Proto
1.º Rui Querido – Toyota BJ 40 – 12 voltas
2.º Luís Bacelo – Nissan Patrol – 10 voltas
3.º Miguel Marques – Toyota IJ70 – 8 voltas

Classe Super Proto
1.º Cláudio Ferreira – Proto Mercedes – 11 voltas
2.º Pedro Costa – Crawler 15BFT – 10 voltas
3.º Adriano Santos – Crawler Bj40 – 6 voltas

Classe Promoção
1.º André Henriques – Land Rover Defender td5 – 4 voltas
2.º Carlos Teixeira – Suzuki Samurai – 4 voltas
3.º Bruno Bastos – Nissan Patrol GR Y60 – 3 voltas

Classe UTV/buggy
1.º Marco Melo – RZR Polaris xp – 6 voltas
2.º Paulo Mendes – Polaris RZR 1000 – 2 voltas

IMAGENS: GoAgency