A Audi aproveitou a sua recente reunião anual para revelar o seu ambicioso plano de eletrificação da sua gama automóvel. A marca alemã pretende vender 800 mil automóveis novos com motor elétrico e bateria, incluindo carros 100 por cento elétricos e híbridos plug-in. O plano já tinha sido previsto para ser executado até 2025, mas o objetivo de vendas foi atualizado, revelando a preocupação da Audi em eliminar motores de combustão da sua gama o mais depressa possível.

Para garantir os objetivos deste plano, a Audi vai investir até 40 mil milhões de euros até 2025 em áreas que considera de importância estratégia, incluindo mobilidade elétrica, condução autónoma e digitalização, incluindo ao nível da produção. Os responsáveis da Audi querem colocar a marca na liderança do segmento de construtores premium, com uma aposta na vanguarda da tecnologia automóvel.

A eletrificação da gama vai dar um passo grande em frente já este ano, com o lançamento do seu primeiro carro completamente elétrico, o SUV e-tron. A gama vai crescer no próximo ano com o e-tron Sportback, um crossover, seguindo-se o desportivo e-tron GT e uma modelo compacto, ambos em 2020. Passando para a produção, a Audi promete tornar todas as suas fábricas neutras em emissões de carbono até 2030.