Mercedes-Benz Classe G ‘congelado’ no tempo em Detroit

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Enquanto não chega a nova geração do Classe G, a Mercedes-Benz vai honrando o historial deste seu modelo dedicado ao todo-o-terreno. Para tal, imortalizou-o em material semelhante ao âmbar, o mesmo material de conservação que já revelou ao mundo muitos dos segredos de outras eras do planeta Terra.

Assim, replicando a ideia da demonstração histórica, a marca de Estugarda colocou um exemplar do primeiro Mercedes-Benz Classe G de produção (de 1979) no interior de um bloco imenso de resina de cor âmbar. Onde? À entrada do centro que irá receber o Salão de Detroit…

O cubo de âmbar demonstra o espírito único do Classe G de forma resumida. O nosso veículo de culto de todo-o-terreno tem evoluído continuamente ao longo de quase 40 anos – sem perder o seu carácter ou valores fundamentais. O seu ADN é mais forte do que o tempo e do que qualquer tendência da moda. O cubo expressa isso com um efeito espetacular que corporiza o objetivo para fazer avançar o Classe G”, referiu o responsável de produto do departamento de Veículos Off-Road da Mercedes-Benz, Gunnar Güthenke.

a carregar vídeo

Esta obra-de-arte, que não deixa de o ser, tem um peso de quase 49 toneladas, tendo no seu interior um exemplar do 280 GE, como se fosse um exemplar pré-histórico resgatado para a modernidade. Com efeito, é apenas uma forma de recordar que o ADN deste modelo se mantém inalterado ao longo das décadas, como afirmou Güthenke.

O bloco de resina tem 5,5 metros de comprimento, 2,55 metros de largura e 3,10 metros de altura, tendo demorado 90 dias até se conseguir obter este formato. Além disso, foram utilizadas 44.4 toneladas de resina, com o cubo a crescer cerca de três centímetros por dia, o que quer dizer que foram precisos 90 dias para se obter o resultado final. O cubo vai depois fazer um périplo por diversos mercados enquanto assinala o lançamento do novo modelo.

Para ver o making-of deste cubo gigantesco, veja o vídeo de baixo.

a carregar vídeo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.