Com a segunda temporada da série Grand Tour a aproximar-se da sua data de estreia (no dia 8 dezembro na Amazon), Jeremy Clarkson e companhia continuam à procura de um piloto de testes para o seu programa.

A ideia é recrutar um novo piloto para as voltas rápidas do programa, mas os candidatos parecem estar a falhar redondamente: primeiro, foi Mark Webber, ex-piloto de Fórmula 1 e do Mundial de Endurance (WEC), a falhar por motivos de parcialidade e, agora, o segundo candidato parece também não estar à altura dos acontecimentos. Este, contudo, ao contrário do piloto australiano, parece deixar o motivo bem à vista.

Em dois vídeos lançados nos últimos dias, são já dois os modelos da Renault destruídos. No primeiro caso, um Clio R.S. utiliza uma rampa de um camião de transporte para saltar para ‘o infinito’ e, no segundo caso, é um Mégane R.S. a conhecer um fim inusitado ao cabo de umas centenas de metros.

A procura pelo ‘tal’ piloto é uma das formas de elevar as expectativas para a estreia da nova temporada, sendo mais uma maneira de aliar os automóveis à vertente cómica.

a carregar vídeo
a carregar vídeo