Um Fórmula 1 antigo é hoje em dia um objeto de coleção de alto valor. Um Ferrari de F1 é ainda muito mais raro e acessível a poucos, e geralmente fica preso na garagem do seu proprietário. E como muita gente gostava de ter um, a quem se dedique a construir o seu próprio carro. Como Joe Scarbo, que odeia a ideia de coleções pessoais, que construiu o seu próprio Ferrari e está disposto a fazer outro e a vendê-lo a quem quiser.

Através da sua Scarbo Performance, empresa envolvida na preparação de veículos automóveis para competição, Joe construiu o SVF1, um monolugar inspirado no Ferrari 312 conduzido por Chris Amon e Jacky Ickx, que pode ser usado em pista por qualquer pessoa. À primeira vista, parece uma réplica bem conseguida, com uma carroçaria fiel, faltando apenas o logótipo da Ferrari. É apenas o motor que estraga a ilusão.

Construir uma cópia do Tipo 168 V12 original seria quase impossível, por isso Joe Scarbo optou por um propulsor potente, de acesso fácil e manutenção acessível, o Chevrolet LS1 V8, com 6,2 litros e 430 cv (o Ferrari 312 tinha 400 cv com o seu motor 3.0, há 50 anos), com uma carroçaria de fibra de vidro. Se optar pelas versões de chassis leves, com carroçaria em plástico CFRP (reforçado com carbono) ou em alumínio, a potência sobe para os 480 e 525 cv, e também ganha uma caixa de seis velocidades. Os preços oscilam entre os 79.500 e 117.500 (63.500 e 95.000 euros).

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.