O comboio-bala é famoso internacionalmente como uma parte da culture japonesa de transporte. Estes comboios são capazes de atingir velocidades de 300 km/h, e permitem a uma pessoa percorrer uma distância equivalente à viagem de Lisboa e Porto para ir de casa para o trabalho e vice-versa. E agora vão ficar ainda mais rápidos, para facilitar o acesso dos espetadores a todos os eventos dos Jogos Olímpicos de 2020.

A próxima edição está marcada para Tóquio, que tem uma área metropolitana de 14 mil quilómetros quadrados (a de Lisboa é de três mil), por isso também necessita dos serviços de um comboio-bala, ou shinkansen, como são conhecidos localmente. Assim, a JR Central, subsidiária da Japan Railways que serve a área da capital japonesa, apresentou uma nova geração dos comboios da série 700, o N700S, também chamado Supreme.

O shinkansen Supreme vai entrar em fase de testes para poder entrar em atividade em 2020, servindo a linha entre Tóquio e Shin-Osaka em 2020. O N700S tem uma nova aerodinâmica e vai ter apenas 12 carruagens em vez das normais 16, pelo que deve ser capaz de atingir os 320 km/h. O interior também vai ter uma disposição de assentos e áreas comuns diferente do comboio-bala comum.