F1: Kimi Raikkonen foi o mais rápido do segundo dia de testes em Barcelona

Kimi Raikkonen concluiu o segundo dia de testes em Barcelona com o melhor tempo. Na melhor das 108 voltas o finlandês da Ferrari assinou o tempo de 1m20,960s, batendo Lewis Hamilton, que não foi além de 1m20,983s na melhor das 66 voltas por si efetuadas.
A terceira marca do dia foi assinada por Max Verstappen no Red Bull. O holandês completou 89 voltas, sendo quatro milésimas mais rápido do que Kevin Magnussen, que chegou a liderar a tabela de tempos e completou 118 voltas aos comandos do Haas.
O top cinco foi completado por Esteban Ocon, que apesar de um problema matinal no Force India logrou completar 86 voltas. Bem mais do que Daniil Kvyat, o sexto mais rápido no Toro Rosso, e que Valtteri Bottas, autor do sétimo registo. Ele que completou longos turnos perfazendo 101 voltas.
Pelo segundo dia a Mercedes foi a equipa que mais voltas percorreu, e a Williams ficou-se pela dúzia que Lance Stroll conseguiu fazer antes de se despistar na curva 9.  Como a equipa tinha poucas peças sobressalentes para o FW10 o canadiano ficou a assistir ao testes do lado de fora o resto do dia.

Tempos do segundo dia

1º Kimi Raikkonen (Ferrari) 1.20,910 – 108 voltas
2º Lewis Hamilton (Mercedes) 1.20,983 – 66
3º Max Verstappen (Red Bull) 1.22,200 – 89
4º Kevin Magnussen (Haas) 1.22,204 – 118
5º Esteban Ocon (Force India) 1.22,509 – 86
6º Daniil Kvyat (Toro Rosso) 1.22,956 – 68
7º Valtteri Bottas (Merceces) 1.22,986 – 101
8º Jolyon Palmer (Renault) 1.24,139 – 53
9º Antonio Giovinazzi (Ferrari) 1.24,617 – 67
10º Stoffel Vandoorne (McLaren) 1.25,600 – 40
11º Lance Stroll (Williams) 1.26,040 – 12