GP Mónaco F1: Mercedes? Ferrari? ‘Red Bull 250’ à espreita…

Depois de cinco Grandes Prémios de F1, esta temporada, a Mercedes vai para o Grande Prémio de Mónaco depois de duas vitórias seguidas, e sendo verdade que foi a Ferrari a vencer o ano passado, nas últimas cinco corridas, quatro triunfos foram para a… Mercedes. Portanto, será que os ‘Flechas de Prata’ podem dar sequência à sua senda ou Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen vão recolocar a Ferrari nos trilhos?

O que se tem assistido até aqui no campeonato é simples. Bom começo da Ferrari que venceu duas vezes seguidas, Daniel Ricciardo e a Red Bull, venceram um caótico Grande Prémio da China. Até aqui, a pressão acentuava-se na Mercedes, mas desde aí, a equipa de Brackley mostrou que continua a ser a mais forte, e depois de Lewis Hamilton ter conseguido uma vitória feliz no Azerbaijão, dominou por completo em Espanha, onde os W09 estiveram sempre no topo, com a Mercedes a garantir a primeira dobradinha em 2018.

Como vai ser no Mónaco, é imprevisível. Vettel quer recuperar a liderança do campeonato, que está agora na posse de Lewis Hamilton e como se sabe, sendo um circuito em que é quase impossível ultrapassar, a luta pela pole na qualificação será determinante.
Para além disso, há que contar com os Red Bull, já que depois de um começo periclitante, Max Verstappen garantiu o seu primeiro pódio da temporada em Espanha, e vai querer manter o embalo. Daniel Ricciardo também quererá, pelo menos, ir ao pódio.

No segundo pelotão, temos este ano ainda mais equilíbrio. E novas equipas. Neste momento é uma questão a ser esgrimida a quatro mãos, com a Renault na frente da McLaren, sendo que Haas já mostrou que anda mais do que dizem os resultados e a Force India tem sido afetada por alguns azares. Depois, tanto a Toro Rosso (Pierre Gasly) como a Sauber (Charles Leclerc) já fizeram brilharetes. Só mesmo a Williams está (muito) na mó de baixo.

E agora é a vez de um dos mais esperados Grandes Prémios do ano. Hamilton foi sétimo na corrida do ano passado, depois duma eliminação surpresa no Q2, o seu companheiro de equipa, Valtteri Bottas, nunca terminou no pódio no Mónaco. A Ferrari venceu a corrida do ano passado, com Vettel a garantir a sua primeira vitória no Principado desde 2001. Kimi Raikkonen fez a pole em 2017, mas algo correu mal e foi apenas segundo.

A Red Bull cumpre o seu 250º Grande Prémio. E atenção, porque venceu a sua 110ª corrida (Hungria 2010) e 150ª (Bahrein 2013)!

Como é habitual, o Grande Prémio do Mónaco de Fórmula 1 tem os treinos livres à 5ª Feira, de modo a que a sexta-feira fique reservada para eventos. Assim, veja como são os horários do Grande Prémio do Mónaco de F1.

Sábado, 26 de maio

11H00: 3ª Sessão de Treinos Livres – Sport TV 1
14H00: Qualificação – Sport TV 1 e Sport TV +

Domingo, 27 de maio
14H10: Corrida – Sport TV 1

José Luís Abreu/Autosport