A 5 de dezembro de 2012, um navio de transporte de automóveis colidiu com um navio-contentor a 65 km do Porto de Roterdão, na Holanda. O navio foi ao fundo com 1400 carros lá dentro. O Baltic Ace, foi recuperado entre 2015 e 2016, não tanto pelos automóveis, mas pelos 540 mil litros de combustível, que representavam um perigo ecológico. Aqui pode observar todos os detalhes do salvamento, que envolveram bombear o combustível e cortar o navio em seis partes.

O Rijkwaterstaat, empresa estatal do Ministério para as Infraestruturas e Ambiente dos Países Baixos, pôde agora fazer o trabalho de salvamento, através da empresa especializada Boskalis, que dispendeu 67 milhões de euros na operação. No entanto, a Stamco, operadora do navio, tinha segurado o Baltic Ace em apenas 60 milhões de dólares, na altura correspondendo a 49 milhões de euros.