MotoGP: Mundial de 2018 pode contar com 19 provas

O calendário do Mundial de MotoGP de 2018 ainda está longe de estar definido, contudo Carmelo Ezpeleta, CEO da Dorna, em entrevista ao jornal espanhol AS, afirmou agora que a próxima temporada pode ter 19 provas.

Tudo porque a entrada da Tailandia no calendário parece certa, enquanto a permanência do GP da Catalunha é ainda uma incógnita.

“Depois do que vivemos este ano em Montmeló, o problema resolveu-se e as corridas tiveram lugar, agora é tempo de pensar já no próximo ano. Temos falado e nada está decidido e o assunto económico está neste momento em debate”.

Por isso Ezpeleta sublinhou ainda que: “continua tudo em aberto, ou seja podemos ter 19 provas, se a Catalunha continuar e se entrar a Tailândia, se o GP da Catalunha não continuar, vamos manter as 188 provas e no caso da Tailândia não entrar, então podemos ter um calendário com 17 provas. Ou seja, tudo está em aberto”.