7 futuros clássicos… para comprar ‘hoje’

A palavra “clássico” transporta consigo uma magia independentemente do contexto em que a referimos. Um clássico é charmoso, requintado, distintivo, apetecível, tentador… tudo porque nos faz viajar no pensamento e no desejo. Um clássico quer-se, não pelo seu utilitarismo, sim pelo seu simbolismo. Quando a palavra é aplicada ao mundo automóvel, os contornos não são diferentes.

Os clássicos estão sempre na moda e têm o condão de valorizarem ao ritmo que envelhecem, ganhando aquele charme trazido pela idade. Por isso mesmo, e com base numa lista elaborada pela Classic Driver, aqui deixamos um leque de 7 propostas para adquirir no presente, por preços relativamente em conta, e que, no futuro, muito provavelmente, se irão encaixar em todas as aceções do termo, “clássico”.

Os modelos em questão datam do ano 2000 em diante e cifram-se no mercado abaixo dos 50 mil euros. Curiosamente, têm quase todos uma coisa em comum, independentemente do sucesso comercial alcançado aquando do lançamento, hoje, em segunda mão, são difíceis de encontrar no mercado nacional. Mas não é a raridade uma das mais-valias e o que torna um clássico ainda mais belo?

André Duarte

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.