BMW podem deixar de ter chave

O responsável de vendas da marca afirma que neste momento a questão não é decidir se as chaves vão ou não continuar, mas sim escolher o momento para que elas desapareçam.

As chaves do automóvel são um equipamento cada vez mais obsoleto, devido à chegada dos sistemas de arranque por botão e a possibilidade de abrir e fechar as portas com recurso à conetividade. Por esse motivo, a BMW avalia a possibilidade de deixar de as utilizar nos seus modelos, como confirmou no Salão de Frankfurt o responsável de vendas da marca, Ian Roberstson. Mesmo que este objeto tenha ganho, em modelos como o Série 7, novos atributos como a capacidade de estacionar e retirar o carro das garagens, a ideia de andar sempre com a chave no bolso está cada vez mais obsoleta num mundo digital.

A possível descontinuação deriva do facto de praticamente todos os proprietários de modelos da BMW já terem smartphones. Nestes dispositivos está sempre acessível a BMW App que, entre outras capacidades, já permite efetuar a abertura e fecho das portas remotamente. Por isso, Ian Roberston deixa a questão: “Honestamente, quantas pessoas precisam dela [a chave]? Nunca a tiram do bolso, por isso qual o motivo para andarem sempre com ela? (…) Estamos a ver se é exequível, se o podemos fazer [descontinuar as chaves]. Se o vamos fazer agora ou num outro momento no futuro ainda falta decidir”.

Fonte: Automotive News Europe