Renault propõe “segunda vida” a baterias

A Renault e a Powervault, companhia de energia doméstica, anunciaram uma parceria para a reutilização de baterias de veículos elétricos com vista ao armazenamento de energia em habitações. As fabricantes prevêem uma redução de 30% do custo de cada “smart battery” da Powervault.

As baterias usadas de veículos elétricos da Renault têm uma nova finalidade – como componente de armazenamento de energia doméstica. A parceria entre a Renault e a Powervault, empresa dedicada ao setor de energia doméstica, antevê que as baterias dos veículos contribuam para armazenar energia proveniente de fontes renováveis, como painéis solares.

Serão colocadas, numa primeira fase, 50 unidades do projeto, que transformam as baterias da Renault em unidades estacionárias de armazenamento colocadas em habitações que possuem painéis solares, escolas na localidade inglesa de Greenwich e residências sociais. Para a companhia de energia doméstica, esta é uma solução lucrativa, pois as baterias de veículos elétricos da Renault oferecem um melhor desempenho em relação às baterias convencionais e uma longevidade consideravelmente maior. Esta é também uma forma de potenciar o ciclo de vida destes componentes das viaturas de emissões 0 da Renault, pois a marca afirma que após 8 anos num veículo elétrico as baterias poderão durar mais 10 anos no sistema de armazenamento da Powervault.