Renault revela novos veículos comerciais elétricos

A estreia do Master ZE e a chegada de um novo Kangoo ZE abrilhantam a presença da marca no Salão de Bruxelas.

Líder no mercado de veículos elétricos na Europa, a Renault acaba de reforçar a sua aposta nos modelos sem emissões poluentes para o sector profissional com duas estreias no Salão de Bruxelas. Neste certame foi dada a conhecer a nova geração do Kangoo Ze, com mais 50% de autonomia, mas o principal destaque vai para a apresentação mundial da Master ZE, modelo que conta com uma bateria de 33kWh de capacidade e motor de 76CV,garantindo uma autonomia de 200km. Para recarregar na totalidade as baterias, bastará uma ligação durante 6 horas através da WallBox de 7kW.

Também a Kangoo ZE evolui e o comercial ligeiro de emissões 0 também incorpora uma bateria com 33kWh de capacidade, enquanto o motor de 60CV foi desenvolvido a partir do que se encontra no novo Zoe (que agora oferece 400km de autonomia). Isto permite cumprir no ciclo de testes NEDC um total de 270km (+50% que o antecessor), com a marca gaulesa a afirmar que numa utilização quotidiana é possível conduzir sem problemas durante 200km até ter de parar para abastecer as baterias. A Renault destaca ainda uma inovação inédita no campo dos veículos comerciais elétricos, com o Kangoo ZE a contar a partir de meados de 2017, quando entrar em comercialização, com uma bomba de calor ligada ao ar condicionado, que ajuda a preservar a autonomia quando a temperatura é mais baixa.

Também nos serviços profissionais conectados existem novidades para a gama de veículos comerciais elétricos da Renault, que apresentou em Bruxelas o ‘Fleet Management’ e o ‘Predictive Maintenance’. O primeiro é um serviço de telemática que pretende facilitar a vida aos gestores de frotas, fornecendo informações diversas que permitam otimizar o controlo das diversas viaturas, enquanto o segundo se configura como um apoio para gerir a manutenção dos automóveis, fazendo a análise preditiva a partir de diversos dados obtidos em tempo real a partir dos veículos. Isto irá permitir antecipar idas à oficina, reduzindo os custos das intervenções, maximizar a disponibilidade dos automóveis e também garantir maior segurança aos condutores das viaturas comerciais da Renault.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.