Cada vez que para numa estação de combustível, quer aproveitar para fazer uma chamada ou mandar um SMS. Mas depara-se sempre com um autocolante a dizer que é proibido usar o telemóvel perto da bomba. De acordo com a sabedoria popular vigente, usar o telemóvel perto de uma bomba de gasolina pode causar um incêndio ou até uma explosão. Mas será mesmo verdade?

Embora corram histórias de que isso já aconteceu, a verdade é que nunca foi relatado um caso de um incêndio causado por um telemóvel. De acordo com as lendas urbanas, a eletricidade estática causada pelas transmissões do telemóvel vai fazer a gasolina entrar em combustão dentro do depósito ou da bomba. Na verdade, a eletricidade estática não vai fazer o combustível líquido começar a arder. Mas poderá causar uma fagulha nos vapores de combustível que se acumulam no ar.

Só que a eletricidade estática não vem do telemóvel, mas sim de si, como já deve ter comprovado quando apanhou um choque a fechar a porta do carro. Por isso, o ideal é não se mexer muito enquanto enche o depósito, para não acumular carga. O telemóvel em si não faz nada, até porque já foram feitas experiências a tentar usar os aparelhos de propósito para tentar fazer a gasolina arder, e falharam todas.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.