Malheiro e Serafim vencem em Zuera para o Campeonato de Espanha de Karting

O luso-espanhol Adrián Malheiro (ao centro) voltou a dar nas vistas
Filipe Cairrão
Filipe Cairrão
Jornalista

Adrián Malheiro na categoria Cadete e André Serafim na categoria Sénior-KZ2 Silver venceram uma das duas corridas da segunda prova do Campeonato de Espanha de Karting, um dos campeonatos nacionais mais competitivos do mundo, a par do alemão DKM. Boa representação portuguesa entre os cerca de 150 pilotos que alinharam no Circuito Internacional de Zuera, próximo de Saragoça.

Adrián Malheiro, com um kart equipado com chassis Praga, começou por ser o sétimo mais rápido nos treinos cronometrados da categoria Cadete, ficando apenas a 0,127s da melhor volta alcançada pelo seu colega de equipa na Praga Motorsport, o espanhol Samuel Figueiras.

Adrián Malheiro (Praga)

O piloto luso-espanhol venceu a primeira manga de qualificação (com a volta mais rápida em 1m10,558s) e depois terminou a segunda na sétima posição, resultados que somados lhe valeram o terceiro lugar na grelha de partida para a Corrida 1.

Adrián Malheiro no pódio de Zuera

Após a partida, Malheiro manteve-se nos primeiros lugares e na última volta ultrapassou o espanhol Aaron García (FA), vencendo por escassos 0,075s. Na Corrida 2, o luso-espanhol teve problemas no kart e não completou qualquer volta.

Ivan Domingues (Madcroc)

Ivan Domingues (Madcroc) foi o 12º mais rápido nos treinos cronometrados, ficando a 0,243s do melhor tempo. Na primeira manga de qualificação, o piloto português terminou na nona posição e na segunda cruzou a meta no sétimo lugar depois de ter caído na partida para o 26º posto! Contudo, uma penalização de 10 segundos viria a relegá-lo para o 19º lugar. Com estes resultados, Ivan Domingues largou da 11ª posição na Corrida 1 e terminou no mesmo lugar. Já na Corrida 2, o leiriense arrancou bem e logrou ser um honroso 6º classificado entre quase três dezenas de participantes, tendo a vitória desta vez sorrido a Aaron García, colega de equipa do português na DPK Racing.

Guilherme de Oliveira 8º na Júnior… com a volta mais rápida da prova

Na categoria Júnior, disputada por 37 pilotos, Guilherme de Oliveira (FA) foi o 13º mais rápido nos treinos cronometrados e depois garantiu um 13º e um quarto lugares nas mangas de qualificação, pelo que arrancou da 13ª posição na Corrida 1. Nesta, o piloto português cruzou a meta na 8ª posição, mas uma penalização de 10 segundos viria a relegá-lo para o 16º lugar. Na Corrida 2, Guilherme de Oliveira arrancou do 16º posto e fez uma boa recuperação até ao oitavo lugar, mostrando-se muito rápido, tendo mesmo rubricado a melhor volta em 1m03,661s da corrida, assim como de toda a prova.

Guilherme de Oliveira (FA)

Frederico Peters (Kart Republic) apesar de não ter estabelecido qualquer tempo nos treinos cronometrados, alcançou um 14º e 12º lugares nas mangas de qualificação, pelo que arrancou da 20ª posição na Corrida 1. O piloto de Évora manteve praticamente a posição até meio da contenda, altura que foi forçado a cair em definitivo para o 30º lugar. Na Corrida 2, Frederico Peters – obrigado a largar da 30ª posição – ainda recuperou até ao 21º lugar. O espanhol Mari Boya (FA) voltou a vencer as duas contendas, tal como havia feito na jornada inaugural.

Frederico Peters (Kart Republic)

Ricardo Borges garante um 7º e 9º lugares na categoria Sénior

Ricardo Borges (Kart Republic) – que esteve no pódio da jornada inaugural – foi o 13º mais rápido nos treinos cronometrados da categoria Sénior, na qual alinharam 42 pilotos, obtendo depois um 6º e 8º lugares nas mangas de qualificação, pelo que arrancou da 11ª posição na Corrida 1. O piloto da Maia conseguiu recuperar até ao 7º posto e na Corrida 2 foi 9º classificado.

Ricardo Borges (Kart Republic)

Luís Duarte (Kart Republic) esteve em Zuera bem mais forte do que em Valência. O piloto português rubricou o 19º melhor tempo nos ‘cronos’ e alcançou um 10º e 11º lugares nas mangas de qualificação, pelo que largou na Corrida 1 do 15º posto. Nesta, o piloto português acabou por terminar na 16ª posição, enquanto na Corrida 2 uma penalização de 10 segundos fez com que fosse 27º classificado.

Luís Duarte (Kart Republic)

O espanhol Oscar Palomo (Tonykart) venceu a Corrida 1 e o seu compatriota Ayrton Fontecha (CRG) impôs-se na Corrida 2.

André Serafim vence na classe Silver da categoria Sénior-KZ2

Na categoria Sénior-KZ2, Yohan Sousa (CRG) – que venceu na jornada inaugural em Valência – foi o 4º mais rápido nos treinos cronometrados. Na primeira manga de qualificação, o piloto do português foi quinto classificado e na segunda sexto, garantindo a quinta posição na grelha de partida para a Corrida 1 na qual foi 11º classificado, com problemas na caixa de velocidades. Na Corrida 2, Yohan Sousa cruzou a meta na quarta posição, mas uma penalização de 10 segundos relegou-o para o 9º lugar.

André Serafim (Intrepid)

André Serafim (Intrepid) foi o 15º mais rápido nos treinos cronometrados e obteve um 11º e 14º lugares nas mangas de qualificação, pelo que largou da 14ª posição na Corrida 1, onde acabaria por ser alcançar um excelente 7º posto e vencer a classe Silver (para quem tem idade igual ou superior a 30 anos). Na Corrida 2, o piloto de Chaves terminou no 14º lugar e foi 2º classificado na classe Silver.

André Serafim no topo do pódio

Simão Ventura (CRG) – na segunda prova que fez da sua carreira na categoria Sénior-KZ2 – obteve o 17º melhor tempo nos treinos cronometrados e nas duas mangas terminou na 18ª posição. Na Corrida 1, o piloto português foi 18º classificado e na Corrida 2 cruzou a meta no 16º lugar.

Yohan Sousa (CRG)

O espanhol Eliseo Martínez (Praga) venceu a Corrida 1 e o seu compatriota Lisard Santos (CRG) triunfou na Corrida 2.

Simão Ventura (CRG)

FOTOS: Jose Omedas