Os verdadeiros carros de coleção são raros, pelo que existem muitos exemplares que são cobiçados por quem não os tem, e até por quem não os pode ter. Por isso, quando um automóvel destes desaparece, há sempre um “detetive” à procura. E mesmo algo desaparecido há décadas volta a ser encontrado. É o caso deste Lamborghini Countach Turbo, um de apenas dois exemplares construídos.

O Lamborghini Countach já é um dos automóveis mais espetaculares construídos durante os anos 80. E dois exemplares do carro italiano são ainda mais espetaculares, pois foram modificados e transformados no raríssimo Countach Twin Turbo. Como resultado, o motor 4.8 V12 saltou dos 375 para os 746 cv, podendo atingir os 335 km/h de velocidade máxima. Para controlar um nível de potência que na altura era considerado impossível para um carro de estrada, a pressão dos turbos podia ser ajustada pelo condutor.

Estes carros não foram construídos pela Lamborghini. Em vez disso, o importador suíço, Max Bobnar, encomendou ao engenheiro Franz Albert a conversão de dois carros, em 1982, que durante alguns anos foram mostrados em salões. Nos anos seguintes, apenas se sabia a localização de um, pintado num negro profundo, que faz parte de uma coleção privada na Alemanha. O outro, vermelho metálico com carroçaria rebaixada, tinha simplesmente sumido do mapa.

Até que um investigador e negociante da Curated, casa americana especializada na compra e venda de automóveis de coleção e restauração de modelo clássicos, encontrou evidências da existência do “vermelho metálico” numa garagem em Reno, segunda cidade do estado americano do Nevada. Após chegar à conversa com o dono, o vendedor da Curated encontrou o “santo Graal”. Era o Countach Twin Turbo vermelho metálico, chassis 1121160. O dono do carro avisou logo que não o queria vender e que não ia tirá-lo da garagem. Mas ao fim de oito meses de negociação, chegaram finalmente a um valor, e o carro vai fazer a sua primeira aparição pública em mais de 30 anos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.