A moto de água já é uma boa fonte de diversão num lago ou no mar, deixando até fazer algumas acrobacias, mas nunca se afasta muito da superfície da água. Por isso, a Zapata, empresa especializada em equipamentos para diversão radical, cirou a Flyride, a primeira moto de água voadora.

A Flyride é um aparelho leve, com autonomia de bateria para sete horas, capaz de atingir os 35 km/h e de levantar voo vários metros acima do mar, graças a jatos acoplados a uma mangueira de água. Pode transportar um passageiro atrás do condutor e até ser pilotada por uma criança a partir dos seis anos, se bem que aqui a Zapata inclui um controlo remoto exterior.

Só há um problema, para que os jatos de água funcionem, a mangueira precisa de estar acoplada a um motor externo, geralmente implicando estar conectada a uma embarcação, com potência a partir dos 150 cv, mas geralmente 300 a 400 é preferível. Isto significa que nunca se pode afastar muito do ponto de partida.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.