Os segredos de produção do CUPRA e-Racer: ‘Mosquito’ para as pistas

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Primeiro modelo totalmente elétrico da SEAT e, por inerência, da nova marca CUPRA, o e-Racer assume-se também como o primeiro carro de turismo destinado 100% à competição em pista, mostrando números muito interessantes em termos de prestações: a aceleração dos zero aos 100 km/h cumpre-se em 3,2 segundos e a velocidade de ponta está estimada nos 270 km/h.

Com uma bateria de 6072 células e quatro motores elétricos, o processo de desenvolvimento do e-Racer consumiu mais de 20.000 horas de trabalho por parte dos engenheiros da recém-criada marca de Barcelona.

a carregar vídeo

A CUPRA dá assim o pontapé de saída para a competição de carros de turismos elétrica e-TCR, sendo o primeiro ‘turismo’ capaz de cumprir os requisitos de participação no novo E-TCR.

Os motores estão no eixo traseiro e debitam até 500 kW (680 CV), isto é, 242 kW (330 CV) acima da potência habitual no CUPRA TCR na versão a gasolina, além de incluir a capacidade de recuperação de energia.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.