DS topo de gama “diferente” e “espectacular” previsto para 2020

Desde o momento em que se tornou numa marca própria do Grupo PSA em 2015, a DS tem feito por se distanciar da Peugeot e da Citroën na tentativa de se estabelecer como uma insígnia premium com design próprio e propostas específicas. Novos modelos, como o DS 7 Crossback, realçam a presença do construtor francês na indústria automóvel, mas o que a DS precisa é de um verdadeiro modelo estandarte.

Relatos indicam que esse modelo chegará em 2020 com o nome “DS 8” e enfrentará o BMW Série 5, o Audi A6 e o Mercedes-Benz Classe E. No entanto, ao contrário do trio alemão, a nova jóia da gama DS não assumirá a forma de um sedan convencional, exibirá um formato fastback. Prevê-se que seja, em parte, influenciado pelo Citroën Numero 9, um protótipo de 2012.

Os planos para desenvolver um novo DS topo de gama são mais que meros rumores. Numa entrevista ao Auto Express, Eric Apode, vice-presidente da DS, afirmou que o modelo em questão já foi aprovado pelos executivos e que as linhas de design já estão estabelecidas, classificou o automóvel com sendo “diferente” e “espectacular”. Para diferenciar o novo veículo, o departamento de design concebeu uma traseira genuinamente diferente do habitual. Graças ao formato hatchback, o pragmatismo não foi comprometido.

Segundo Apode, a DS não copiará os seus concorrentes, pois quer estar à altura do seu estatuto de marca premium.

O novo topo de gama francês assentará na plataforma EMP2, a mesma do mais recente Peugeot 508. Não fugindo à tendência da indústria, para além das versões gasolina e diesel, será disponibilizada uma versão híbrida plug-in.

Para quem estiver aborrecido com os modelos premium alemães, a proposta da DS poderá ser uma alternativa a considerar.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.